Paróquia Nossa Senhora Aparecida
Palavra do Pároco
 
10.Jun - A comunidade é um Lugar de Escuta.
A comunidade é um Lugar de Escuta.

 


Esses dias li dois livros. O Psicanalista e o Palhaço e Torto Arado. Já não tenho mais paz se não leio. É como almoçar. Preciso todos os dias.


O primeiro livro desafia a escutar. Há tantas formas de falar. Precisa saber escutar cada uma. O segundo livro, Torto Arado, conta muita coisa. Entre elas, uma menina que perdeu a língua num acidente com uma faca de sua avó, Donana, escondida debaixo da cama. Crianças. Sem a língua, mas não sem voz. Alguém teve que aprender a escutar.


Freud afirma que “nenhum ser humano é capaz de esconder um segredo. Se a boca se cala, falam as pontas dos dedos”.  Às vezes nos faltam pontas de dedos.


Espalhamos nossos segredos pelas pontas dos dedos. Me lembrei de todas as vezes que apontei o dedo para alguém. Mal sabia que me revelava, achando que falava do outro. Jesus também falou sobre pontas dos dedos, mas de um outro jeito: “porque não há coisa oculta que não haja de manifestar-se, nem escondida que não haja de saber-se e vir à luz”.


Escutando permito que o outro se revele. Dou-lhe a chance de ser ele mesmo. Não ouvindo é como se todos os dias cortasse a língua com faca de Donana. “quem tem ouvidos para ouvir, ouça”. Ouvindo também se fala.


A pandemia trouxe-nos outras mascaras. Por cima das que construí tive que colocar uma de pano. Boca fechada para não entrar o vírus que leva ao silencio. Ouvidos abertos para escutar e falar por eles. Ouvi choro debaixo das máscaras. Ouvi sorrisos.


A comunidade é um lugar de escuta. Escuta da Palavra, escuta do irmão. Escuta de si. A comunidade é um lugar de fala. De partilha que liberta. Na comunidade podemos descansar as pontas dos dedos. Escutar requer abandonar o papel de juiz. O que o outro me diz pode ser feio, mas é sagrado.


Vou iniciar a leitura do livro A Ratazana, e depois Tudo é Rio. Se der tempo te conto. Obrigado por me escutar. Se por acaso não ouvir mais minha voz, estarei todo nas pontas de meus dedos.


Padre Willis de Oliveira Gama – Pároco.


 


Indique a um amigo
 

Copyright © 2021 Paróquia Nossa Senhora Aparecida. Todos os direitos reservados.