Paróquia Nossa Senhora Aparecida
Notícias da Diocese
 
23.Dez - Natal é acreditar na vida
   Natal é acreditar na vida

    Natal é o grande e profundo mistério, jamais explicável, de o filho de Deus, a Palavra eterna do Pai, tornar-se humano, um de nós, assumir o pó da terra, com todos os seus elementos físico-químicos dos quais somos feitos. Jesus assumiu a natureza humana com um corpo igual ao nosso – tornou-se totalmente homem, menos no pecado. Ele é uma pessoa divina – a segunda pessoa da Santíssima Trindade -com duas naturezas, a divina e a humana. Ele assumiu a nossa casa comum, o planeta terra, tornando-se, assim, parte dele. Jesus se fez humano para que o homem se fizesse divino.


 


    Isso é Natal, Deus nascendo no meio de nós. Ele quis recriar o homem e recriar a vida depois que o homem estragou o projeto de Deus com o pecado. Para isso ele deu a vida por nós. Natal é a capacidade de olhar para o futuro, vislumbrando o paraíso perdido, é carregar a mente de otimismo apesar de olhos e ouvidos perceberem o contrário. Percebemos o contrário, porque quase só notícias ruins são veiculadas pelos meios de comunicação.


 


    Natal é otimismo, é alegria de fazer parte da criação de Deus e saber que um mundo novo é possível. A semente que Jesus plantou não morreu; ela cresce. Natal é tirar as escamas dos olhos e ver a semente crescer. Natal é vida assumida e recriada; é olhar o mundo com os olhos de Deus. Sabemos que a natureza, o paraíso que Deus criou está sendo destruído. Isso não é Natal. Degradação do ambiente, assassinato do Rio Doce, esgoto a céu aberto, asdoenças se proliferando, a falta de políticas públicas, a falta de saneamentobásico, o descaso da saúde, doze milhões de brasileiros sem emprego, crianças morrendo por falta d’água (4.000 por dia!). Isso não é Natal.


 


A cultura da morte provocada por Herodes invadiu o mundo. O consumismo, o desrespeito pela vida, o desprezo pelo pobre, a criminalidade, corrupção aos olhos de todos, o estrago das mineradoras, a morte das nascentes, a contaminação dos lençóis freáticos, a poluição do ar; isso não é Natal.


 


   Natal é acreditar na vida, é sentir a alegria do dom da vida, é apostar no futuro, é nadar contra a correnteza, é olhar para a gruta escura e dizer: “nasceu Jesus e ele está no meio de nós para trazer vida nova e vida em abundância”. “Eis que faço novas todas às coisas”. Isso é Natal.


 


Dom Emanuel Messias de Oliveira


Bispo diocesano de Caratinga


Fotógrafo: Internete

Fonte: www.diocesecaratinga.org.b

Indique a um amigo
 

Copyright © 2021 Paróquia Nossa Senhora Aparecida. Todos os direitos reservados.